Esta é uma pergunta bem comum entre as pessoas que querem se tornar um nômade digital. Aderi a esse estilo de vida no início deste ano de 2016, assim que percebi que era super possível viver viajando, trabalhando e ganhando dinheiro por este mundão afora. E esta é a vida dos sonhos de muita, muita gente. Já falei aqui no blog algumas dicas de profissões para você se tornar um nômade digital e agora quero passar para vocês o quanto em dinheiro esta vida pode te custar.

Bom, primeiramente deixa eu te esclarecer uma coisa, quando falo de “ser um nômade digital” estou falando de manter um estilo de vida nômade por tempo indeterminado, sem ter uma casa em um local fixo, trabalhando através da internet. O fato de você trabalhar online, lhe possibilita trabalhar de qualquer canto do mundo. Logo, você pode morar em qualquer lugar e recebe dinheiro mensalmente. Não estou falando de uma viagem com data para acabar ou de você tirar um ano sabático. Onde algumas pessoas juntam dinheiro para viajar o mundo inteiro e depois quando o dinheiro acaba, volta para casa e vai começar a trabalhar de novo para juntar dinheiro mais uma vez. Este estilo de vida é mais que possível.

Dito isto, vamos lá, se você quer pedir demissão de seu emprego e passar um ano ou mais viajando, dando a volta ao mundo, e querendo saber “Quanto dinheiro precisa guardar” este post não é para você. Pois aí, você guarda dinheiro, gasta e volta para casa, para talvez trabalhar de novo e juntar dinheiro de novo e viajar de novo ou apenas para ter um ano incrível no meio da estrada. Como eu nunca pude fazer isso, não tenho nenhuma ideia de quanto dinheiro você precisaria guardar, mas existem canais no youtube, blogs com relatos por aí que podem te passar esta informação.

No caso, para começar a ser um nômade digital você precisa trabalhar através da internet, como já foi visto aqui no blog e receber dinheiro para isto. É preciso também você guardar um pouco de dinheiro, para se manter caso aconteça algum imprevisto e você fique sem trabalho por alguns meses. Existem diversos lugares do mundo onde o custo com moradia e alimentação não são muito altos. Pelo contrário, comparados com o Brasil, são super baratos. Antes de ir embora viver uma vida pelo mundo, você precisa fazer uma lista dos lugares por onde pretende morar. Para aí ter uma ideia de quanto irá gastar com moradia, alimentação, lazer, remédios, transporte, higiene pessoal, roupas entre outras coisas que você precise usar, além de imprevistos. Pois quem trabalhar através da internet, pode ter um equipamento danificado, no caso notebook por exemplo, e ficar sem concluir seus projetos, trabalhos etc…

Como me tornei nômade digital este ano, eu ainda estou morando numa casa fixa até o fim do ano. Como eu mesma faço meu horário de trabalho, e quando viajo eu não perco clientes, pois a internet está trabalhando para mim, eu acabei viajando bastante e sempre voltando para casa depois. Isso me permitiu também criar um plano de trabalho, de viagem, de estadia e juntar dinheiro para, aí sim, ano que vem eu começar a me locomover por este mundão lindo afora sem precisar voltar para casa. “Só quando quiser matar a saudade da família” rsrsrs. Também não adianta se planejar muito antecipadamente, pois as coisas tendem a fluir normalmente e alterar os roteiros dos lugares por onde quero passar é super normal. Só este ano, viajei para dois países e 6 estados brasileiros. Dois deles eu já conhecia. Para ano que vem, fiz um planejamento de 12 meses, ou seja um ano. Antes de virar nômade digital eu já viajava bastante e o segredo está aqui literalmente. Usava milhas, comprava passagens super baratas. Descobri tudo isso através do treinamento Segredo das Viagens.

DCIM100GOPRO
Delta do Parnaíba – PI
IMG_20160709_121732734
Embalse El Yeso, Cajon Del Maipo – Chile

Então, imagina se você fica sem trabalho de repente, como irá manter seu estilo de vida se não tiver uma certa quantia em dinheiro guardada? Não falo de muito gente, falo de uma quantia que te deixasse despreocupado(a) caso te falte trabalho. Faça uma lista dos seus custos mensais, inclua tudo que seja necessário para você. Nesta lista, coloque o quanto você gasta por cada item. Some o custo total, acrescente um pouco a mais para imprevistos e multiplique pela quantidade de meses que você pretende estar “despreocupado”.

Ou seja, se o meu custo mensal total é de $ 1000 dólares e eu quero passar 6 meses despreocupada caso aconteça algum imprevisto, então eu precisaria de $ 6.000 dólares guardados para manter o meu estilo de vida por seis meses, até aparecer outro trabalho online.

Mas dificilmente, você ficará sem trabalho quando você se torna um nômade digital. Agora para que isso aconteça é preciso investir em cursos, palestras, vídeo aulas. Assim você saberá vários segredos que você não encontra na internet e que acelerará seu objetivo de ganhar dinheiro online. Existem muitos métodos simples para que isso aconteça. Vou deixar um aqui para vocês. A Máquina de Venda Online.

Não falta trabalho para quem quer ser um nômade digital. Mas gente, uma dica importante também para quem quer se tornar um é… invista em algo. Não receba seu dinheiro e gaste já de início. Eu, assim que recebi meu primeiro pagamento como nômade digital fiquei muito ansiosa, já querendo viajar e ir embora. Mas… pensei direitinho e vi que não é bem assim. Só o fato de estar trabalhando por conta própria já estava me deixando super feliz da vida. Então comecei a guardar dinheiro, viajei, trabalhei também enquanto viajava, investi em projetos pessoais meus, para fazer o dinheiro crescer e aqui estou, pronta e mais segura para seguir por este mundão.

Minha família não entendia no começo quando larguei o emprego. Achava que não queria trabalhar, que estava com preguiça, não acreditava que o que eu queria para mim poderia me trazer dinheiro. Achavam que era impossível viajar e ganhar dinheiro ao mesmo tempo. Só que neste meio aí, entre viajar e ganhar dinheiro, eu trabalho. Trabalho como afiliada, promovendo produtos de empresas ou pessoas. O Fórmula Negócio Online te dá super dicas sobre investimento e ganhar dinheiro através da internet.

Reservas para emergências

Quando falo em guardar dinheiro digo para guardar mesmo e só usar em caso de emergência. Eu nunca fui de guardar dinheiro, sou adepta da frase “carpe diem” aproveite o dia de hoje. Então como ganhava pouco eu tinha que escolher se guardava ou se me divertia, viajava. E adivinha qual delas eu escolhia? Hahaha, viajar, claro. Depois que me tornei nômade digital, percebi que é fundamental ter dinheiro guardado, mas essa reserva só deve ser usada em casos de emergência.

Hoje em dia, já que tenho dinheiro para me divertir e ainda bem, para guardar, meu trabalho permite que eu pense diferente. Além de possíveis emergências que aparecem ao longo do mês, um dinheiro guardado também é importante pra lidar com a incerteza da renda de seu trabalho. Tem mês que vendo mais, tem mês que vendo menos. Agora se você tiver um trabalho remoto que te rende sempre a mesma coisa, sem nenhum risco de alterações mensais no seu dinheiro, parabéns! Mas se você é freelancer como eu, sabe que todo mês é diferente.

Eu me programo para seis meses. Pois acredito que a chance de uma pessoa não encontrar nada de trabalho em seis meses é pequena. Outra coisa boa de ser nômade digital, é o fato de você ter seu tempo livre para ir atrás de seus clientes. Agora, se infelizmente em seis meses você não conseguir restabelecer a sua renda, será preciso repensar seus próximos passos. Mas, de verdade, espero que nós, os nômades digitais, e você que também está querendo se tornar um, não tenhamos que lidar com este tipo de problema, NUNCA.

E por fim, deixo aqui mais uma “diquinha” básica para vocês. Atualmente a internet e a tecnologia da informação tem revolucionado várias áreas, e olha que esta atividade já não é tão recente assim e o bom é que possui uma grande demanda no mercado de profissionais especializados na área digital. Torne-se um empreendedor digital você também, saiba como utilizar as redes sociais de forma correta e vender mais ainda os produtos que você promove. Foi através dele que eu consegui alavancar minhas vendas e começar a ganhar dinhero online. Acesse Inovação Digital – Gestão de Marketing Digital e Mídias Sociais.

Texto: ©Renata Moura

Advertisements